Melhor Emissor de Nota Fiscal: saiba quais pontos avaliar Melhor Emissor de Nota Fiscal: saiba quais pontos avaliar

Melhor Emissor de Nota Fiscal: saiba quais pontos avaliar

Melhor Emissor de Nota Fiscal

Se você é empreendedor ou cuida de uma empresa, já deve ter se perguntado qual o melhor emissor de nota fiscal eletrônica, não é?

Este é um ponto de atenção, afinal, apenas em 2020 foram mais de R$17 trilhões emitidos em notas fiscais, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). 

Com um fluxo tão grande de notas fiscais nas empresas, nada mais justo do que ter um software robusto, capaz de suportar a demanda e facilitar a rotina. 

Neste artigo, você descobrirá que, para escolher um bom software emissor, é necessário antes saber o que avaliar e como fazer esta avaliação. 

É por isso que nós, da equipe Quero Faturar, decidimos compartilhar com você todos os pontos de atenção ao contratar um emissor. Basta continuar a leitura. Acompanhe! 

Como escolher o Melhor Emissor de Nota Fiscal?

Escolher o melhor emissor de nota fiscal eletrônica não precisa ser uma missão impossível. Com os conhecimentos corretos, é totalmente possível fazer uma escolha assertiva, da qual você não se arrependerá posteriormente. 

Vale lembrar que existem diversos produtos com a proposta de emissão de NF no mercado, mas nem todos cumprem o que prometem. 

Alguns deixam a desejar no atendimento e suporte. Outros tem uma interface difícil ou confusa demais. E ainda outros entregam uma solução básica a preços exorbitantes. 

Para não cair em ciladas, o primeiro passo é entender a sua realidade e reais necessidades de negócio. 

Isso significa entender qual o seu fluxo de emissão de notas fiscais e quais atributos facilitariam sua vida. Reflita sobre o que você preza mais: 

  • agilidade de carregamento do sistema, ou um design bem desenvolvido? 
  • uma boa equipe de suporte ou preços super baixos mensalmente? 
  • uma quantidade ilimitada de emissão mensal, ou uma limitação caracterizada por preços mais “em conta”? 
  • um sistema estável, com uma plataforma robusta e bom sistema de notificação e contato com o cliente, ou um sistema instável, com quedas constantes por manutenção?

Essas perguntas são a base inicial para escolher o melhor emissor de nota fiscal eletrônica. O segundo passo é entender como esses sistemas funcionam, de fato. 

Como funcionam os emissores de Nota Fiscal?

Para estar apto a emitir notas fiscais e contratar um emissor, alguns passos são necessários, como:

  • adquirir um certificado digital, para validar as assinaturas da empresa;
  • credenciar o empreendimento na Sefaz do estado em que ele foi criado, e onde a empresa atuará;
  • por fim, contratar o melhor sistema emissor de nota fiscal eletrônica.

Feito isso, é possível entender como o emissor, em si, funciona. 

Segundo o mesmo levantamento do IBPT citado no início do artigo, mais de 3 bilhões de notas fiscais foram emitidas em 2020. Imagine como seria se, a cada NF, o sistema escolhido pela empresa travasse? 

Não seria nada viável, não acha? É por isso que a maioria dos sistemas emissores são desenvolvidos para suportar grandes volumes de emissão mensal, em conjunto com a Secretaria da Fazenda (Sefaz).

É por isso que o sistema contempla os seguintes passos:

  • você, usuário, preenche todas as informações da transação (venda do produto ou serviço);
  • é sua responsabilidade também informar os dados do comprador e da sua empresa;
  • o sistema autenticará a solicitação e gera o documento preenchido, já com a assinatura digital do negócio;
  • depois, os dados serão enviados para a Secretaria da Fazenda (Sefaz) autenticar;
  • então, a nota fiscal gerada é enviada ao cliente, seja por e-mail ou via impressa, se você desejar imprimir e entregá-la em mãos ao cliente. 

Esse é o processo tradicional, que é seguido por praticamente todos os emissores de nota fiscal eletrônica. 

Mas, isso não significa que todos têm o mesmo nível de qualidade. É exatamente sobre isso que falaremos no próximo tópico.

O que avaliar para escolher o melhor emissor de Nota Fiscal?

Como escolher um emissor de nota fiscal

Para escolher o melhor emissor de nota fiscal eletrônica, é necessário considerar 3 pilares além das funcionalidades básicas apresentadas anteriormente: sua facilidade de uso, sua disponibilidade online e seu suporte. 

1. Facilidade de uso

É imprescindível que o sistema seja simples de usar e de executar tarefas. De que adianta investir um valor alto mensalmente em um software complicado de mexer. 

A interface e o ambiente do software online precisam ser amigáveis ao usuário, para que ele consiga explorar todas as funções propostas preferencialmente sozinho, sem precisar pedir ajuda do suporte. 

2. Disponibilidade online

Outro ponto é a disponibilidade e estabilidade do sistema na internet. Não é viável, por exemplo, contratar um emissor que cai a todo momento e que passa por manutenções constantemente. 

O segredo está em avaliar o que outros usuários dizem sobre o produto e quais são seus pontos fortes e fracos. 

3. Suporte

Por fim, é preciso considerar a qualidade do suporte e se ele realmente cumpre o que promete. 

Existem alguns softwares que oferecem suporte 24h mas quando você realmente precisa, é impossível fazer contato. 

Em contrapartida, existem aqueles que prometem atendimento apenas em horário comercial e realmente o cumprem, como acontece aqui no Emissor Quero Faturar. 

Por que escolher um bom emissor de Nota Fiscal?

Escolher o melhor sistema emissor de nota fiscal é essencial se você deseja ter uma rotina administrativa, com a emissão de notas fiscais, livre de dores de cabeça. 

Afinal, o objetivo do emissor é facilitar os seus processos empresariais e não torná-los ainda mais burocráticos. 

Afinal, qual é o melhor emissor de Nota Fiscal?

Quero Faturar melhor emissor de nota fiscal

O melhor emissor de nota fiscal eletrônica do Brasil é o sistema Quero Faturar, que oferece o melhor custo benefício da área. 

Já são mais de 10 anos emitindo notas fiscais, mais de 16.500 empresas atendidas, 3 milhões de notas fiscais geradas, somando mais de R$20 bilhões emitidos. 

O Quero Faturar conta com suporte total (chat e telefone) de segunda a sexta das 8h às 19h e sábado das 8h às 12h. 

É um sistema ágil, fácil de usar, seguro e integrável com outras ferramentas que você talvez tenha para contabilidade ou outras áreas. 

Se você ainda não se convenceu de que o Quero Faturar é o melhor emissor de nota fiscal eletrônica para a sua empresa, basta fazer um teste grátis por 15 dias e emitir suas primeiras notas fiscais. 

Basta conferir o que os clientes estão comentando sobre o sistema: 

  • “Depois que passamos a trabalhar com o software Quero Faturar nunca mais tivemos problemas com emissão de notas, e o sistema é super simples. Recomendo! ” – Alan Silva, Diretor Da Multiworks;
  • “Software simples e cumpre com tudo que promete, já indiquei para vários amigos!” – Cintiane Andrade, Nutricionista;
  • “Sistema e atendimento nota 10! Utilizo e indico para todos que precisam emitir notas fiscais de forma simples, rápida e intuitiva. Além de uma excelente equipe de suporte.” – André Mendanha Peixoto;

Saiba como a Quero Faturar pode te ajudar na Emissão de Nota Fiscal Eletrônica.

Conclusão

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a identificar o melhor emissor de nota fiscal eletrônica, além de entender quais pontos considerar antes de assinar uma plataforma online. 

Se você gosta de aprender sobre gestão contábil e processos envolvendo a NF, como correção, inutilização e cancelamento, precisa conferir o Blog Quero Faturar!