Nome Fantasia da Empresa: entenda o que é e como escolher Nome Fantasia da Empresa: entenda o que é e como escolher

Nome Fantasia da Empresa: entenda o que é e como escolher

Nome Fantasia da Empresa

Um dos primeiros passos na abertura de um negócio, o nome fantasia é o que traz a identidade e a credibilidade necessárias para a empresa, fatores essenciais para contribuir com o sucesso do empreendimento.

No entanto, o que é exatamente o nome fantasia da empresa? Nome fantasia é razão social, também? Quais são as regras para nome fantasia? Essas e outras perguntas costumam confundir a cabeça de empreendedores nesse momento inicial.

Pensando em facilitar esse processo e tirar suas dúvidas, a equipe Quero Faturar preparou um conteúdo especial sobre nome fantasia da empresa e as principais considerações sobre esse assunto. Acompanhe logo abaixo e boa leitura!

Afinal, o que é nome fantasia da empresa?

O nome fantasia é a forma como o seu público vai encontrar e se direcionar para a sua empresa. Em outras palavras, é a denominação popular; a forma como a sua empresa será chamada e conhecida.

Por isso, é essencial que o nome fantasia da empresa seja fácil de pronunciar e escrever, para ser mais fácil de memorizar e que seja condizente com o nicho do negócio em questão.

Qual a diferença entre razão social e o nome fantasia da empresa?

Diferença entre razão social e o nome fantasia da empresa

Antes de entender a diferença entre esses dois termos, é importante saber do que se trata a razão social.

A razão social é o nome de registro da empresa no cartório e junto aos órgãos do governo. No que compete a questões burocráticas, como documentos legais, notas fiscais, escrituras, contratos e afins, é a razão social que prevalece.

Assim, a diferença entre razão social e nome fantasia se dá apenas pela sua funcionalidade: enquanto a razão social é pré-requisito para a abertura da empresa e é um dado essencial, o nome fantasia fica apenas a critério do empreendedor, refletindo identidade e pavimentando os passos a serem seguidos no marketing e na construção da marca para o público.

Como escolher o nome fantasia da sua empresa?

Mesmo devendo refletir o nicho do negócio e transmitindo a identidade da empresa, existem algumas pequenas dicas que ajudam na escolha do nome fantasia da empresa; sabemos que é um processo que pode demandar tempo e um bocado de criatividade.

Pensar sempre a longo prazo é essencial na escolha do nome fantasia – ou seja, evite segmentar o nome fantasia com relação à localidade, inserindo o nome do bairro ou cidade nesse registro. Se o seu negócio começar a expandir, um nome como “Dentista Sergipe”, por exemplo, acaba não fazendo mais tanto sentido.

Outra dica é evitar nomes que possam ter interpretações ambíguas ou negativas, buscando não associar o nome da empresa a conceitos que possam ser pejorativos, em qualquer sentido. Evite os falsos cognatos e tente transmitir os valores do seu negócio por meio do nome fantasia escolhido.

Evite também nomes muito pessoais, para não dificultar a possibilidade de sociedades futuras.

Em todo esse processo de escolha, ainda, talvez a dica mais importante seja a de optar por um nome que seja fácil de ser lembrado. Isso contribui para o marketing da empresa e deixa o seu negócio sempre entre as primeiras opções do seu público-alvo.

Ainda nessa etapa, verifique a disponibilidade do nome fantasia escolhido nos registros estaduais, para não ter o mesmo nome, ou nome parecido, que alguma empresa concorrente.

O nome fantasia da empresa pode ser alterado?

Sim, é possível alterar o nome fantasia da sua empresa, uma vez que é normal mudar de ideia conforme o negócio vai crescendo, adquirindo ou dispensando sociedades comerciais, ou ainda entendendo melhor o que o público espera do empreendimento.

Para alterar o nome fantasia da empresa, basta ir à junta comercial do seu município e solicitar a mudança. Depois disso, é necessário alterar o nome fantasia, também, nos documentos digitais, como os certificados

Por fim, informe seu público por meio dos canais de mídia essa mudança: o nome reflete a identidade do seu negócio, e o seu público deve se direcionar a ele da forma como você imagina essa comunicação. Lembra de quando o Ponto Frio alterou o nome fantasia?

É possível garantir exclusividade do seu nome fantasia?

Duas empresas que atuam no mesmo ramo de atividade não podem ter o mesmo nome, de acordo com o Estado.

Com base nesse critério, é essencial o registro do nome fantasia no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), que registra e regulamenta marcas e patentes.

Assim, você garante a exclusividade do nome fantasia do seu negócio e evita que empresas do mesmo nicho tenham a mesma denominação que a sua marca. Além disso, com outras empresas também registradas ao INPI, fica mais fácil consultar quais nomes já estão sendo usados na sua localidade.

Qual a importância do nome fantasia da empresa?

Nem precisamos dizer que, quanto mais original for o nome da empresa, mais destaque ela garante no seu nicho. Isso é essencial hoje em dia, considerando o quanto o mercado se tornou competitivo.

Além disso, o nome está diretamente relacionado à identidade dela. Um bom nome fantasia direciona o branding, o marketing e diversos outros passos a serem trilhados pelo seu negócio rumo ao sucesso.

Mais facilidade e autonomia para o seu negócio!

Qual a importância do nome fantasia

O sistema Quero Faturar foi feito para empresas que não querem burocracias na emissão de notas fiscais, gerando mais independência para os processos e segurança para a área financeira do negócio.

Estamos há 10 anos levando praticidade para empresas em todo o Brasil, sem necessidade de cartão de crédito ou fidelização. Clique aqui para emissão de nota fiscal eletrônica sem burocracia!

Conclusão

Escolher o nome da sua empresa pode ser delicado e levar tempo, o que não significa que deva ser um problema nessa fase inicial de abertura do negócio.

Sabendo da importância do nome fantasia da empresa, pesquise referências que tenham a ver com a identidade da sua marca, além de buscar por opiniões de pessoas que você confie; conte também com a ajuda de um profissional especialista na área.

Gostou dessa leitura? Leia também: Gestão Contábil: o que é e qual a importância para a sua empresa?